segunda-feira, 29 de setembro de 2008





De todos amores, teus sabores.

E todos teus olhares, meus enlaces.


Há palavras que não foram ditas,

pronunciadas com minh'alma.



Meu bem,

se ainda não te disse, perdão.


Dentre todos meus versos,

prefiro silenciar

para no instante seguinte,

te cantar em todas as notas,

tons

e

sons.


2 comentários:

  1. e todos teus olhares, meus enlaces..
    não precisa falar mais nada.

    lindo gatinha.
    te amo...

    saudades...

    ResponderExcluir

Como assim?