segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Pesos e medidas

Dormir mais tarde e passar o fim de domingo
[que por sinal é carregado com muita depressão
quase segunda-feira - fim da manha]
tentando melhorar os últimos tempos
de alguém que você gosta muito: 129 pontos.

Unir estas pessoas preocupadas para beber "uma" cerveja
no quase "segunda-feira": 45 pontos.

Acordar mais cedo [em plena segunda-feira]
em prol dos outros: 56 pontos.

Ver a demanda do trabalho triplicar na sua mesa
e não estressar: 50 pontos.

Prometer diminuir as pilhas de papel da sua mesa amanhã mesmo:
Não sei...Odeio prometer alguma coisa para a pessoa
mais pé no saco do mundo:
Ich!
Mas, vou sabotar esta fulaninha...deixa estar.

Negar um favor para uma amiga, já que não tinha tempo mesmo.
Depois saber que não era um favor e sim um job que rolaria grana: - 25 pontos.
"Saiba dizer não!"
Odeio estas verdades de autoajuda e quando eles se aplicam de verdade.
Deixa pra próxima.
Não me atolei, mas o lado "dinheirinha" ficou coçando a peruca.
" Quem vai ficar cuidando da lojinha?"
Sempre lembro desta piada.

Perceber que não terá um baita gasto este mês: 67 pontos.

Adiantar pagamentos: 24 pontos.

Boletos extras neste mês: - 31 pontos

God dammit! Felicidade de pobre...

Escolher entre duas coisas prazeirosas que programei para este mês: -78 pontos!

Ganhar outra que nem estava nos planos: 69 pontos.


E é neste sistema de peso e medidas que vou levando meus dias,
tentando não surtar com este tal de tempo.
Admitindo que ciclos se fecham e
o Adeus algum dia será inevitável.

Vou coroando meus dias com pequenas vitórias,
grandes cagadas,
alguns tônicos para a peruca velha de guerra
e risadas.

Risadas, pois além do drama préquestionadoexistente,
ainda há espaço na caixola para lembrar de liquidações e
de que não comi frutas hoje.

E que venha o inevitável, enquanto isto vamos inventando estas coisas importantes.

[!!!]

No contexto "neura", lembrei de um especial que faz mais sentido agora.
Clica aí e confira melhor:

Vida antes da morte
24 pessoas em dois cliques vitais: um pouco antes do adeus e o seguinte logo depois.






“É possível ter uma segunda chance na vida?
Acho que não.
Eu não tenho medo da morte
– vou ser apenas um dos milhões,
bilhões de grãos de areia no deserto.”

Klara Behrens nasceu no dia 2 de dezembro de 1920
e morreu em 6 de fevereiro de 2004.

3 comentários:

  1. Senas (sic) chocantes!

    :s

    Bjaaa da Anne.

    ResponderExcluir
  2. 45 pontos pra uma cervejinha domingo à noite é muito pouco...

    ResponderExcluir

Como assim?