segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Talentos que não tenho...

Existem várias coisas que não nasci com vocação para realizar, porém, um dia gostaria de aprender.
Já escrevi que adoraria cantar como aquelas divas negras americanas que me arrepiam até a alma ou dançar maravilhosamente como as mulatas.
Dentre os milhares de talentos que não tenho e que não dependem de genética (ou dependeria?) escolheria a música, na verdade, um instrumento: o baixo.
Poxa, ainda quero aprender a fazer um som legal usando essa belezura!
Gosto de prestar atenção na cozinha das bandas e o baixo sempre mereceu meus ouvidos.
Ok. Aprecio o som da bateria, mas não tenho o mínimo de coordenação necessária para efetuar os exercícios básicos. As experiências que tive são horríveis, ou melhor, patéticas e hiláriantes.
Nem nascendo de novo na forma de um polvo.

Enfim, devaneios.
Quem sabe um dia a música ganhe espaço nesta vida severina?

DaniS me passou este vídeo por email como prova que gurias com mãos pequenas também podem tocar muito bem baixo. Continuo achando que meus dedos são menores, no entanto, o estrago já está feito. Me empolguei!

3 comentários:

  1. Garotas falando de música são um tesão. Te ensino qualquer coisa, gata.

    ResponderExcluir
  2. não tenho dom para música, mas toquei trombone de pistões na banda da escola no Rio, e trompete na escola em São Paulo; hoje, toco cavaquinho.

    nunca fui bom com partitura, por isso tenho de escutar a música primeiro pra depois tocá-la; e não toco acompanhamento, só melodia.

    ResponderExcluir
  3. Sempre curti mulheres tocando baixo, não sei porque razão mulheres guitarristas já não me apetecme. Tem muitas guitar-girls, mas sei lá, mulheres baixistas e bateristas são sempre mais cool, está realcionado ao groove, balanço e de certo modo tem mais sensualidade também.

    A gta que o DaniS deve ter te mostrado, deve ser a bass-girl do Jeff Beck, suponho.

    Bom findi.

    sandoval

    ResponderExcluir

Como assim?