sábado, 22 de maio de 2010

Conjugando o pretérito.













A semana foi punk com cachaça.
Primeiro a notícia que o Dio morreu.
Depois, um monstro mostrou as garras e abalou minha fé.
Logo em seguida, o Grêmio perdeu.
Não é a toa que a vida ficou sem brilho.
Um festival de preto e branco no trabalho e na produção acadêmica.
E para coroar a saga, uma inesquecível enxaqueca.
Meu time voltou a perder...
É pedir muito se eu desejar que a semana acabe logo?
E que o monstro seja um fantasma e não, uma presença real?

Que alguns verbos conjugados nesta semana permaneçam no pretérito.

"Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta
Muita careta pra engolir a transação
E a gente tá engolindo cada sapo no caminho
E a gente vai se amando que, também, sem um carinho
Ninguém segura esse rojão"
(Chico Buarque)

4 comentários:

  1. Queridíssima!

    Não fica assim não, a vida é feita tb de semanas ruins!

    Acho que te conheço um pouquinho e esse pouquinho me diz que rapidamente encontrarei em você aquela energia contagiante de costume.

    Fica bem, que eu fico também!

    Venho visita-la sempre e cada vez espera-me uma emoção diferente, aqui já experimentei de quase tudo... adoro!



    1000 bjs

    ps: hj meu time ganhou... pena que foi do seu!

    ResponderExcluir
  2. ainda bem que tem muito samba e futebol,
    tem muita bossa-nova e rock and roll

    e vamos botar água no feijão
    pra continuar segurando o rojão.

    ResponderExcluir
  3. "...estava a toa na vida,
    o meu amor me chamou
    prá ver a banda passar
    cantando coisas de amor!"
    Uma semana cheinha de amor!!!
    Com carinhos,

    ResponderExcluir
  4. Faz parte do processo Rita, nem tudo são flores. Eu sei que tu sabe, mas nunca é demais repetir - Força na Peruca!!!!

    flw
    sandoval

    ResponderExcluir

Como assim?